segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Estamos na Revista Dirt Magazine nº 95

Após muita ansiedade, mesmo sem ter conseguido minha revista "física" consegui as imagens pelo aplicativo do iPod e trago aqui a notícia para vocês que estamos ilustrando duas páginas dentro da conceituada revista Dirt Magazine nº95.








Assim que chegar minha revista coloco as páginas na íntegra. Estou muito feliz e espero que a galera tenha curtido.

6 comentários:

  1. UHUllll Irado Jony, Parabens. O pump vai ser visto pelo mundo. Muito foda né?

    ResponderExcluir
  2. raaaaaaa... Ta vendo o Pump que o Jony fez, aonde eu treino ta famoso.. ai sim heim careca.. Muito foda.

    ResponderExcluir
  3. merecido né brother!!!
    trabalho bem feito, com muita Disposição e Atitude, deu no que deu...

    ResponderExcluir
  4. ííí da hora. Parabéns Jony . !

    ResponderExcluir
  5. Não tinha visto que era isso. Eu achei que se tratava do DH Dona Marta. Fiquei de cara!

    Parabéns mano. Só falta o pessoal aqui do Brasil perceber a oportunidade que até os gringos já sacaram.

    PQP. FODA. MUITA MORAL!

    ResponderExcluir
  6. Parece até brincadeira,mas é verdade!
    quando fiquei sabendo que a galera da DIRT queria fazer uma matéria sobre o pump fiquei surpreso e também muito feliz, pois a alguns anos tenho o PRIVILÉGIO de LER a DIRT mensalmente e não me lembro qual foi a última vez em que saiu uma matéria sobre o Brasil em uma revista gringa, ainda mais se tratando de uma revista que é unanumidade em matérias sérias a respeito de DH RACING. Pra quem não conhece, a DIRT é a MELHOR e mais COMPLETA revista de downhill de todos os tempos, com cobertura completa da world cup de dh e voltada principalmente para o que for associado ao downhill. Como atualmente muitos pilotos de dh usam o pumptrack como treino complementar não é estranho que a DIRT se interesse pela modalidade que acima de tudo é muito divertida e segura.
    Também me sinto orgulhoso de ter ajudado no início da construção da pista e ver que hoje ela ainda continua lá, diferente de tantas outras pistas e rampas que fizemos ao passar desses anos de bike.
    LIVE FOR THIS.

    ResponderExcluir